Biden começa debate atacando McCain na economia; Palin responde

O candidato democrata à vice-presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, começou o debate entre os vices na noite desta quinta-feira, na Universidade Washington em Saint Louis, Missouri, atacando o candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, John McCain, pela desregulamentação do sistema financeiro e também por estar fora de contato com a crise. Sua rival, a candidata republicana à vice-presidência, Sarah Palin, aparentou segurança, pelo menos nas primeiras respostas. Ambos os candidatos pareciam se dirigir ao eleitorado de classe média, aterrorizado com a perspectiva que a crise financeira evolua para uma recessão."Apenas duas semanas atrás, o senador McCain disse que os fundamentos da economia americana eram sólidos. Ele está fora de contato com a realidade", disse Biden, respondendo à pergunta "Como reduzir a polarização em Washington?".Palin respondeu que McCain, quando disse que a economia era sólida, se referia à força de trabalho dos EUA, ou seja, aos trabalhadores. Em outra pergunta, sobre quais eram os culpados pela situação que levou à crise, Biden acusou o senador McCain de ter apoiado as políticas de desregulamentação do mercado. "John McCain desregulamentou, essa foi sua resposta. A classe média precisa de menos impostos", disse Biden.Palin reagiu e disse que "Biden e Obama votaram pelos maiores aumentos de impostos na história dos EUA". Em seguida, ela lembrou sua experiência de prefeita em Wasilla, no Alasca, e afirmou que "reduzi impostos todos os anos". (André Lachini)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.