Biden e Bill Clinton discursarão na convenção democrata

O candidato a vice-presidente dos Estados Unidos e senador democrata por Delaware, Joe Biden, discursará na convenção democrata na noite de hoje, quando fará sua primeira grande palestra desde que o candidato a presidente Barack Obama o escolheu para colega de chapa no sábado. O tema desta noite na convenção democrata será "Assegurando o Futuro da América" e isso sugere que Biden, dirigente do Comitê de Assuntos Estrangeiros no Senado, exibirá sua experiência em política internacional no auditório do Pepsi Center. Bill Clinton também discursará hoje na convenção do partido. O senador Joseph Biden trouxe para a chapa democrata uma experiência em assuntos internacionais que falta a Obama. Uma pesquisa publicada hoje indica que o interesse dos eleitores migrou dramaticamente dos temas de política exterior, como a guerra do Iraque, para a economia americana. Em setembro de 2007, 47% dos eleitores americanos identificavam a guerra como o principal assunto das eleições, enquanto 24% diziam que era a economia. Hoje, as prioridades se reverteram, e 45% acreditam os problemas econômicos são o tema mais importante, enquanto 30% afirmam que é a guerra do Iraque, de acordo com sondagem feita pelos pesquisadores Bill McInturff e Geoff Garin, dos comitês nacionais dos partidos Republicano e Democrata, respectivamente.Antes de Biden subir ao palco, o ex-presidente americano Bill Clinton discursará. A maneira como o discurso da sua esposa Hillary Rodham Clinton foi recebido ontem demonstrou que existe bastante entusiasmo e afeto no Pepsi Center pela família Clinton. Hillary foi aplaudida várias vezes, num dos momentos mais dramáticos da convenção democrata de 2008. Partidários, com lágrimas nos olhos, gritavam ''Hillary'', enquanto a ex-primeira-dama dos EUA instava todos a votarem em Obama. "Barack Obama é meu candidato e ele precisa ser nosso presidente", declarou Hillary.Mais participações Também estão previstos hoje discursos do senador por Dakota do Norte, Tom Daschle, um dos primeiros políticos a apoiarem Obama, bem como do derrotado candidato democrata à presidência em 2004, John Kerry. O ex-pré-candidato Bill Richardson, governador democrata do Novo México, e o senador Evan Bayh também discursarão hoje. O prefeito de San Francisco, Gavin Newsom, comandará um evento no final da tarde de hoje para homenagear os jovens que aderiram em massa à campanha de Obama nas primárias e encorajá-los a votar em novembro.Outra participação importante de hoje será a de Oprah Winfrey, gigante da mídia que irá ao Pepsi Center. Oprah quebrou uma tradição de ficar muito tempo sem manifestar opiniões políticas quando endossou a candidatura Obama. Um recente estudo da Universidade de Maryland indica que Oprah foi responsável por atrair um milhão de votos para Obama na sua luta nas primárias contra a senadora Hillary. As informações são da Dow Jones.

AE, Agencia Estado

27 de agosto de 2008 | 15h56

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.