Biden e Poroshenko demonstram preocupação com Rússia

O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, e o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, disseram que estão preocupados com a suposta aproximação de tropas do exército da Rússia na fronteira com a região rebelde no leste ucraniano.

AE, Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 00h42

Biden e Poroshenko conversaram por telefone nesta quarta-feira. A Casa Branca informou que o presidente ucraniano disse ao vice-presidente norte-americano que a Rússia está diretamente envolvida nos conflitos dos rebeldes separatistas. Os líderes também falaram sobre a suposta transferência de soldados russos para o território ucraniano.

A conversa entre Biden e Poroshenko ocorreu pouco depois de o secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, alertar que a "ameaça de invasão da Ucrânia pela Rússia é uma realidade".

O comunicado da Casa Branca informa ainda que Poroshenko disse que estava comprometido a evitar mortes de civis e restaurar a ordem no leste da Ucrânia. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaRússiaEUAfronteira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.