Biden promete apoio a Ucrânia e Geórgia

O vice-presidente americano, Joe Biden, disse ontem, em visita à Geórgia e à Ucrânia, que os EUA ajudarão as duas ex-repúblicas soviéticas a ficar fora da órbita de influência do governo russo. A Geórgia voltou-se para o Ocidente em 2003. A Ucrânia fez o mesmo em 2004, com a Revolução Laranja. Os dois países querem agora entrar para a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), a despeito da pressão russa. A visita de Biden ocorre duas semanas após o presidente Barack Obama ter visitado Moscou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.