Delaware Humane Association/Reprodução Facebook
Delaware Humane Association/Reprodução Facebook

Biden torce o tornozelo e fratura o pé brincando com seu cachorro

Seu médico disse que a lesão provavelmente o obrigará a usar uma bota de caminhada por várias semanas

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2020 | 00h56

O presidente eleito dos Estados UnidosJoe Biden, torceu o tornozelo brincando com um de seus cachorros no fim de semana do feriado de Ação de Graças. Seu médico disse neste domingo, 29, que a lesão resultou em fraturas no pé que provavelmente o obrigarão a usar uma bota de caminhada por várias semanas.

Embora as radiografias iniciais não mostrassem nenhuma fratura óbvia, uma "tomografia computadorizada de acompanhamento confirmou fraturas (pequenas) dos ossos cuneiformes laterais e intermediários do presidente eleito Biden, que estão no mediopé", Dr. Kevin O'Connor, diretor da medicina executiva na GW Medical Faculty Associates, disse em um comunicado distribuído pelo gabinete de Biden.

Biden visitou um especialista ortopédico em Newark, Delaware, na tarde de domingo por pouco mais de duas horas, saindo pouco antes das 18h30. Depois, foi a um centro de imagem para a tomografia computadorizada adicional. Um porta-voz de Biden disse que o presidente eleito havia agendado o acompanhamento no domingo para evitar interrupções em sua agenda na segunda-feira. Uma van foi manobrada para impedir que repórteres e fotógrafos vissem Biden quando ele entrou no consultório médico.

Biden, 78, já está operando em um período de transição apertado, depois que o chefe da Administração de Serviços Gerais não reconheceu formalmente os resultados da eleição presidencial por semanas após o dia das eleições, privando temporariamente Biden de acesso a recursos federais e impedindo que seus conselheiros iniciassem coordenação com funcionários da administração Trump.

O presidente Donald Trump, que se recusou a ceder a Biden, postou no Twitter um vídeo da NBC News de Biden saindo do consultório médico no domingo, e acrescentou: "Fique bom logo!"

Biden escorregou e se machucou no sábado enquanto brincava com Major, um pastor alemão que os Bidens haviam anunciado que adotaram em 2018. Eles têm outro pastor alemão, Champ, e anunciaram planos de ter um gato quando se mudarem para a Casa Branca no próximo ano.

Trump não teve nenhum animal de estimação durante seus quatro anos na Casa Branca./NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.