Biden vai inspecionar medidas para controle de armas

O presidente Barack Obama vai designar seu vice, Joe Biden, para inspecionar novas políticas sobre saúde mental e posse de armas, na esteira do massacre ocorrido na sexta-feira numa escola da cidade de Newtown.

AE, Agência Estado

19 de dezembro de 2012 | 14h25

Assessores disseram que Obama fará o pronunciamento na sala de imprensa da Casa Branca nesta quarta-feira. Segundo essas fontes, o presidente não deve anunciar grandes decisões políticas, mas vai esclarecer r como o governo deve cuidar da questão.

Biden estará presente no anúncio e pode ser muito importante para determinar as chances de qualquer mudança legislativa ser aprovada no Congresso, já que tem décadas de experiência como senador e atua como líder de Obama para conquistar apoio para o governo no Capitólio.

O anúncio será feito dias depois de um dos piores massacres da história dos Estados Unidos, quando 20 crianças e seis adultos foram mortos a tiros na escola Sandy Hook, em Newtown, Estado de Connecticut. A tragédia deu início a um amplo debate sobre as leis de posse de armas no país e até mesmo fortes defensores do direito de portar armas estão pedindo mudanças.

Não ficou claro quais serão as políticas que o governo vai tentar implementar. A Casa Branca disse que pretende fazer uma ampla revisão nas leis sobre saúde mental e posse de armas do país para determinar quais são as melhores formas de evitar episódios como o de sexta-feira.

O porta-voz da presidência, Jay Carney, deu poucos detalhes sobre as medidas que Obama vai defender, dizendo que o presidente vai estudar formas de evitar que pessoas comprem armas de vendedores sem licenciamento e sem verificação de antecedentes. Carney declarou também que o presidente apoia "ativamente" a proposta da senadora democrata Dianne Feinstein (Califórnia) de proibir armas de assalto. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUAmassacrecontrole de armas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.