Bielo-Rússia identifica ativistas por meio de site

A Justiça de Hrodna, na Bielo-Rússia, ordenou a prisão de três ativistas dos direitos humanos após um protesto pela libertação de um líder do movimento preso por sonegação de impostos. Os três foram identificados após publicarem uma foto da manifestação em um site. O juiz considerou ilegal o protesto pacífico e condenou os réus a pagar multas equivalentes a US$ 173.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.