Bielo-Rússia vende armas a Chávez

A Venezuela assinará com a Bielo-Rússia contratos para a venda de armas no valor de mais de US$1 bilhão, de acordo com informações divulgadas pelo secretário do Conselho de Segurança bielo-russo, Viktor Sheiman, a uma TV local. Segundo Sheiman, os contratos foram negociados na visita de uma comissão estatal bielo-russa à Venezuela, e a assinatura desses documentos ocorrerá no final do mês. O secretário disse que, além da cooperação na área militar, os dois países também assinarão acordos no setor energético para que, no final do ano, empresas bielo-russas comecem a extrair petróleo e gás em pelo menos duas jazidas venezuelanas. A fim de incentivar o aprofundamento das relações econômicas, os governos dos dois países também decidiram criar um fundo de investimento de US$ 500 milhões para desenvolver projetos conjuntos em diversas áreas. Entre esses projetos, Sheiman destacou a construção de montadoras de automóveis, além de fábricas de tratores, maquinaria agrícola e televisores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.