Bill Clinton chega ao Haiti para avaliar estragos

O ex-presidente dos Estados Unidos e enviado especial das Nações Unidas, Bill Clinton, chegou ao Haiti hoje para verificar a situação no país após a devastação provocada pelo terremoto da semana passada.

AE, Agencia Estado

18 de janeiro de 2010 | 17h19

"Como enviado especial da ONU para o Haiti, eu sinto uma profunda obrigação com o povo haitiano de visitar o país e me reunir com o presidente (René) Préval para assegurar que nossa resposta continue a ser coordenada e eficaz", disse Clinton antes de sua partida para o Haiti.

Clinton, que também é coordenador de uma campanha para levantar fundos para o Haiti junto com o ex-presidente George W. Bush, vai se reunir com líderes haitianos e sobreviventes.

Segundo informe da Fundação Clinton, o ex-presidente "vai entregar suprimentos de emergência, incluindo água, alimentos, produtos médicos, lanternas, rádios portáteis e geradores". Clinton também vai se reunir com "membros do governo do Haiti e da comunidade internacional para discutir o caminho a seguir, assim como os voluntários e pessoal em campo".

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.