Bill Clinton ganha mais de US$ 10 milhões com discursos

Informação consta no relatório financeiro entregue por Hillary ao Senado

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton ganhou US$ 10,2 milhões em discursos e conferências no ano passado, revela o relatório financeiro entregue na quinta-feira, 14, ao Senado por sua mulher, Hillary Rodham Clinton. Ela pretende ser a candidata presidencial democrata em 2008. A renda em discursos de Clinton foi 36% maior que a de 2005. Segundo o relatório da ex-primeira-dama, seu marido recebeu honorários de US$ 75 mil por um discurso numa sociedade que financia a pesquisa sobre a leucemia. Ele ganhou outros US$ 150 mil em Toronto, falando em nome da Fundação Infantil Nelson Mandela. Durante uma viagem realizada à Europa, Clinton pronunciou discursos na Inglaterra, Irlanda, África do Sul, Alemanha e Dinamarca, com uma renda total de US$ 1,74 milhão. Segundo o relatório financeiro, a pré-candidata e o ex-presidente têm uma fortuna conjunta de US$ 50 milhões. Mas a senadora por Nova York não é a mais rica entre os cerca de 20 aspirantes à Presidência dos Estados Unidos nas eleições de novembro do próximo ano. Ela está bem distante do ex-governador republicano de Massachusetts Mitt Romney, cuja fortuna está entre US$ 190 e US$ 250 milhões. Outro republicano, Rudy Giuliani, ex-prefeito de Nova York, e o democrata John Edwards informaram ao Senado patrimônios de US$ 30 milhões cada um. Em seu relatório financeiro, apresentado no mês passado, Giuliani declarou ter obtido uma renda de US$ 11,4 milhões com os discursos pronunciados no ano passado. Edwards disse ter ganho US$ 395 mil em conferências e apresentações em universidades.

Mais conteúdo sobre:
Bill Clinton Hillary EUA presidência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.