Bill Clinton vai liderar missão de negócios ao Haiti

O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, anunciou que liderará uma missão de negócios ao Haiti, acompanhado de investidores internacionais. Segundo ele, o Economic Development Fund, do bilionário investidor George Soros, lançará um programa de investimentos no Haiti, com estimativa inicial de US$ 25 milhões. Alguns parceiros poderiam rapidamente ampliar o montante para US$ 150 milhões, em manufaturas, agricultura, logística, energia e turismo, segundo ele.

AE, Agencia Estado

09 de agosto de 2009 | 19h07

Clinton falou durante um encontro do Haitian Diaspora Unity Congress em Sunny Isles Beach, um resort da Flórida 1.125 quilômetros de Porto Príncipe, a capital haitiana. Segundo ele, há uma "oportunidade única" para se retirar o país da pobreza e instabilidade. O ex-líder falou ao final de uma conferência de quatro dias, na qual haitianos e haitiano-americanos, entre outros, discutiram um plano unificado de ação. Cerca de um terço do Produto Interno Bruto (PIB) da nação refere-se a recursos que os haitianos que vivem no exterior enviam ao país, ou US$ 1 bilhão anualmente.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
HaitiEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.