Bin Laden acompanhou atentados pela televisão, diz CNN

Osama bin Laden adompanhou as transmissões dos atentados de 11 de setembro com expressões de júbilo e orações, e antecipando a seus acompanhantes o que iria ocorrer, segundo fontes de inteligência citadas hoje pela cadeia de televisão americana CNN. No dia dos atentados contra Nova York e Washington, BinLaden se encontrava em seu refúgio ao lado de alguns seguidores,aos quais, no intervalo entre cada ataque, anunciava com friezaque outro viria em seguida. O relato se baseia em supostas declarações de dois homens que asseguraram ter estado com o milionário saudita naquele dia fatídico e que em seguida foram interrogados por um "serviço de inteligência da coalizão". Segundo teriam dito essas "testemunhas", Bin Laden começou a chorar quando o vôo da American Airlines se espatifou contra uma das torres gêmeas, e ao mesmo tempo gritava "Allah Akbar" (Deus é grande). A versão da CNN acrescentou que no Afeganistão só três pessoas sabiam naquele dia do plano terrorista: o próprio Bin Laden, seu comandante militar, Mohammed Atef, e Khalid Shaik Mohammed, que é considerado pelo FBI como o verdadeiro"cérebro" por trás dos atentados de 11 de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.