Bin Laden está no Paquistão, diz governo afegão

O ministro das Relações Exteriores do Afeganistão, Abdullah Abdullah, disse hoje que a maioria dos fugitivos pertencentes à rede terrorista Al-Qaeda e ao ex-regime do Taleban, entre eles Osama bin Laden e o mulá Mohammed Omar, se escondeu no noroeste do Paquistão. Em uma entrevista concedida à Associated Press, Abdullah afirmou que os fugitivos representam uma ameaça e todos os países da região devem trabalhar com afinco para capturá-los. "Eles estão principalmente na outra parte de nossa fronteira, isto é, na fronteira noroeste do Paquistão", disse. Abdullah não forneceu evidência para respaldar as declarações. O general Tommy Franks, comandante das forças norte-americanas no Afeganistão, disse que se Osama bin Laden estiver vivo, "é apenas uma questão de tempo" até que ele seja encontrado. Franks afirmou que "não há provas convincentes" de que Bin Laden esteja morto.

Agencia Estado,

26 Agosto 2002 | 18h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.