Bin Laden já teria uma bomba atômica rudimentar

O milionário saudita Osama bin Laden pagou "vários milhões" para comprar no Casaquistão uma bomba nuclear tática graças às "redes de traficantes" das ex-repúblicas soviéticas muçulmanas da Ásia Central, informou o presidente do Observatório Internacional do Terrorismo, o cientista político francês Roland Jacquard.No livro "Em Nome de Osama bin Laden?, publicado na França nos últimos dias, Jacquard diz que, "segundo afegãos e egípcios arrependidos, Bin Laden já tem em seu poder várias bombas nucleares rudimentares, guardadas em malas protegidas por códigos secretos".Jacquard acrescenta que emissários de Bin Laden também teriam conseguido obter a "máquina comandada por ultrasom, mecanismo de alta tecnologia", usada pelos terroristas japoneses da seita Ensino da Verdade Suprema no metrô de Tóquio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.