Bin Laden pede queda do presidente somali

Em comunicado divulgado ontem na internet, o número 1 da Al-Qaeda, Osama bin Laden, ordenou que militantes islâmicos da Somália derrubem o novo presidente do país, o moderado xeque Sharif Sheik Ahmed. O discurso aumentou os temores de que o grupo terrorista consiga transformar o Chifre da África - região dominada por senhores da guerra e milícias fundamentalistas - em uma de suas principais bases.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.