Bin Laden pode estar sem lugar para se esconder

Com a fuga do Taleban e a coalizão liderada pelos Estados Unidos decidida a capturá-lo, Osama bin Laden está ficando sem lugares para se esconder. Bin Laden e seu grupo, Al-Qaeda, têm poucos amigos entre os afegãos comuns, o que significa que ele terá que subir colinas em busca de refúgio junto a antigos companheiros para evitar a captura. Pelo menos um de seus aliados, o mulá Yunus Khalis, parece estar no controle da província de Nangarhar, em Jalalabad, onde acredita-se que Bin Laden tenha diversos acampamentos de refúgio nas montanhas.Desde o início da ofensiva norte-americana, aviões americanos têm atacado lugares suspeitos de abrigarem acampamentos de Bin Laden. Ainda que Jalalabad não esteja mais sob controle taleban, é possível que Bin Laden ainda tenha acesso a seus acampamentos e cavernas na província de Nangarhar. Khalis, um ex-líder guerrilheiro que recebeu apoio norte-americano durante a guerra do Afeganistão contra os invasores soviéticos, é anti-ocidental, muito conservador e simpatizante dos militantes árabes.Até a saída do Taleban de Cabul, na terça-feira, acreditava-se que Bin Laden estaria escondido nas montanhas que cercam a capital afegã. Se isso for verdade, ele agora deve estar acompanhando o Taleban em sua retirada. A pergunta é: para onde ele pode ter ido? As forças especiais dos EUA que estão no encalço de Bin Laden e do líder do Taleban, mulá Mohammed Omar, estão interrogando desertores do Taleban e prisioneiros, oferecendo milhões em recompensa e aguardando que erros na comunicação dos fugitivos sejam captados por seus equipamentos de monitoração. Tanto Bin Laden quanto o mulá Omar devem estar na região, mas não se acredita que estejam juntos, informou um oficial norte-americano que pediu para não ser identificado.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.