Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bispo rebelde lidera corrida à Presidência do Paraguai

Um bispo católico que abandonou o clero para concorrer à Presidência pode tirar do poder um dos partidos que há mais tempo governam na América Latina, nas eleições paraguaias de 2008, mostrou uma pesquisa na terça-feira, 20. Fernando Lugo, que atuou como bispo numa das regiões mais pobres da América do Sul, renunciou no ano passado ao posto eclesiástico, devido às objeções do Vaticano a sua candidatura. Uma sondagem publicada pelo jornal paraguaio Ultima Hora mostrou que Lugo tem 37,3% das intenções de voto, contra 14,9% do presidente Nicanor Duarte Frutos, do Partido Colorado, que tradicionalmente domina a política paraguaia. O ex-general do Exército Lino Oviedo, que está cumprindo uma pena de dez anos de prisão por uma tentativa de golpe em 1996, ocupou o segundo lugar na pesquisa, com 16,4% das intenções de voto, embora esteja impedido de concorrer. Ainda não está claro se Lugo ou Duarte Frutos poderão participar nas eleições, programadas para abril ou maio de 2008. A Constituição paraguaia proíbe autoridades religiosas de competir a cargos públicos, e Duarte Frutos está tentando mudar a Constituição para poder concorrer à reeleição, que não prevê dois mandatos seguidos. O Partido Colorado governa o Paraguai desde 1947. A pesquisa, feita pelo Consumer Intelligence, entrevistou 1.600 eleitores entre 14 de janeiro e 7 de fevereiro, e tem uma margem de erro de 2,5 pontos percentuais, disse o Ultima Hora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.