Blagojevich deve nomear ex-procurador para Senado

O governador do Estado de Illinois, o democrata Rod Blagojevich, deverá nomear Roland W. Burris, um ex procurador-geral do Estado norte-americano, para o Senado federal, informou hoje uma fonte familiarizada com o assunto. Blagojevich planeja fazer o anúncio ainda hoje. O governador foi acusado de tentar vender a vaga no Senado, que foi ocupada pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama. No Illinois, é uma prerrogativa do governador indicar a pessoa que ocupará uma vaga pelo Estado no Senado federal caso o posto fique vago. Porém, a escolha de Blagojevich cairá em um apurado escrutínio, por causa das acusações de corrupção feitas contra o governador. Ele foi preso em 9 de dezembro acusado de conspirar para vender a vaga no Senado que era ocupada por Obama. Blagojevich também sofreu outras acusações de corrupção. Ele pagou fiança, negou todas as suspeitas e permaneceu no cargo.Burris é um afro-americano democrata, de 71 anos, com longa experiência em cargos públicos em Illinois. Ele é advogado e um lobista registrado, além de comandar a empresa de consultoria Burris & Lebed Consulting LLC, com escritório em Chicago. Ele foi procurador-geral do Estado entre 1991 e 1995. Em novembro, Burris afirmou que aceitaria a vaga no Senado se fosse indicado pelo governador.Se indicado, Burris servirá como senador até 2011, quando irá expirar o mandato. Ele é bem relacionado na comunidade afro-americana e tem o apoio de vários grupos, disse a fonte. Mesmo após a possível indicação de Blagojevich, Burris precisará ser confirmado no cargo pelos líderes no Senado. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.