Blair chega ao Kuwait e irá ao Iraque

O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, chegou ao Kuwait para uma visita de dois dias a este país do Golfo Pérsico e ao sul do Iraque, onde pretende agradecer pessoalmente pelo empenho de alguns soldados britânicos ainda no país. "Eu quero ver as tropas britânicas e agradecer aos soldados por sua performance magnífica durante o conflito no Golfo" Pérsico, disse Blair a jornalistas.A capital kuwaitiana é a primeira escala de uma viagem que levará Blair ao sul do Iraque, a Varsóvia (Polônia), a São Petersburgo (Rússia) e a Evian (França), onde participará da reunião de cúpula do G-8. A Kuna, agência estatal de notícias do governo kuwaitiano, informou que Blair visitará o emir do Kuwait, xeque Jaber al-Ahmed al-Sabah, e o xeque Sabah al-Ahmed al-Sabah, que trabalha como vice-primeiro-ministro e chanceler do Kuwait. De acordo com a Kuna, Blair seguirá amanhã rumo ao Iraque. A agência, no entanto, não forneceu mais detalhes. A maior parte dos soldados britânicos em solo iraquiano serve em Basra e arredores. O primeiro-ministro disse ter a intenção de discutir com os líderes kuwaitianos as perspectivas de paz no Oriente Médio e agredecê-los pelo apoio na guerra que culminou com a derrocada do regime de Saddam Hussein.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.