Blair diz que não há decisão de enviar tropas ao Iraque

O secretário de Defesa da Grã-Bretanha, Geoff Hoon, ordenou uma revisão nos níveis de tropas britânicas no Iraque, mas o primeiro-ministro Tony Blair afirmou que nenhuma decisão foi tomada, ainda, sobre o envio de forças adicionais. "Mantemos uma revisão constante?, disse, acrescentando que não haverá mais tropas britânicas destacadas para o Golfo Pérsico, ?a menos que uma recomendação seja enviada por nossos comandantes militares " no local. O anúncio do secretário de Defesa sobre a revisão do número de tropas ocorreu no mesmo dia em que foi publicada uma reportagem, pelo jornal The Daily Telegraph, segundo a qual o chanceler britânico, Jack Straw, havia proposto o envio de mais 5.000 soldados ao Iraque. A Grã-Bretanha mantém atualmente 11.000 homens no Iraque. Quarenta e nove soldados britânicos morreram na guerra, com mais de 11 tendo sido mortos desde 1º de maio, quando o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, anunciou o fim dos combates principais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.