Blair diz que Taleban poderá ser inimigo do Ocidente

O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, alertou o Taleban para a possibilidade de o regime afegão se transformar em um inimigo do Ocidente, caso não entregue o suposto terrorista Osama bin Laden. Blair deu sua mais clara indicação até agora de que o regime afegão poderia ser atingido pela crescente coalizão internacional contra o terrorismo caso não aceite as demandas de extraditar Bin Laden em conexão com os ataques terroristas nos Estados Unidos. O Taleban já negou a exigência norte-americana para que extradite o exilado saudita."O regime Taleban sabe exatamente o que é preciso ser feito", disse Blair a jornalistas. "Eles poderiam fazer isso facilmente. Eles poderiam agir a qualquer momento. Se eles se negarem a entregar Bin Laden, então eles são tão nossos inimigos como o próprio Bin Laden", afirmou o premier. Segundo Blair, os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e outras nações aliadas têm a força para "danificar consideravelmente" o Taleban. O premier britânico acrescentou que qualquer ação contra o Afeganistão seria dirigida ao Taleban, e não ao povo afegão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.