Blair e Howard querem Iraque governado pelos iraquianos

Os primeiros-ministros Tony Blair, da Grã-Bretanha, e John Howard, da Austrália, manifestaram-se nesta quarta-feira a favor de um "Iraque estável e próspero, governado pelos iraquianos".Os dois chefes de governo, que integraram, com os Estados Unidos, a coalizão que ocupou aquele país e depôs o presidente Saddam Hussein, se reuniram em Londres para debater a situação iraquiana do pós-guerra.Blair aproveitou para dirigir um apelo a França e Alemanha (que condenaram a invasão) para "superar o passado" e cooperar para que se adotem decisões no âmbito das Nações Unidas para a reconstrução do Iraque.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.