Blecaute paralisa indústria automotiva

A maior parte da indústria automotiva estava paralisada nesta sexta-feira, com as instalações fechadas após o apagão que atingiu Nova York e outras grandes cidades americanas e canadenses.Mais de 35 fábricas e outras plantas que operam as linhas de montagem da General Motors Corp. e da Ford Motor Co., as duas maiores empresas automobilísticas dos EUA, foram duramente afetadas pelo blecaute. Também as fábricas dos grupos Chrysler e Honda permaneceram paralisadas. A sede da GM no centro de Detroit estava no escuro esta manhã, assim como outras instalações na vizinhança. Funcionários das empresas de energia disseram que a eletricidade pode ser restaurada só após o início do fim de semana. O porta-voz da GM, Pat Morrissey, disse que mais de uma dezena de empresas automotivas estavam com suas portas fechadas, e que apenas o pessoal de vendas e de manutenção escalado para o turno da manhã desta sexta-feira havia comparecido ao trabalho, enquanto que nenhuma decisão havia sido ainda tomada em relação aos escalados para o segundo turno. Morrisey disse que o presidente da GM para a América do Norte, Gary Cowger, estava realizando nesta manhã uma conferência por telefone com elementos-chave de sua equipe industrial. O porta-voz da Ford, Ed Lewis, disse que 23 das 44 plantas da empresa na América do Norte estavam fechadas. Essas fábricas estão concentradas no sudeste de Michigan, na área de Cleveland e em partes do estado canadense de Ontario. Como no caso da GM, os operários do turno da manhã foram avisados para não comparecerem ao trabalho nesta sexta-feira. Para ler sobre o blecaute: Energia elétrica falha nos EUA e no CanadáSobrecarga pode ter causado o blecauteBlecaute afeta quatro grandes aeroportosEste é mais um de uma longa série de blecautesPara o FBI, blecaute foi "evento natural", diz fonteEm meio ao blecaute, prefeito pede cuidado com o calorNosso repórter conta como estão as ruas de Nova YorkQuatro reatores nucleares fechados pelo blecaute nos EUABlecaute faz Nova York lembrar 11 de setembroRaio foi a causa do blecaute, dizem autoridades

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.