Blix diz que guerra no Iraque é "puro fracasso"

Hans Blix, o antigo inspetor-chefe de armas da ONU, classificou nesta quarta-feira a invasão anglo-americana ao Iraque de "puro fracasso" que deixou o país em pior situação do que estava sob o regime de Saddam Hussein.Em comentários incomumente duros ao jornal dinamarquês Politiken, o diplomata sueco disse que o governo Bush acabou sem opção, sem poder ficar nem sair do Iraque."O Iraque é um puro fracasso", teria dito Blix. "Se os americanos saírem, existe o risco de que deixarão o país numa guerra civil. Ao mesmo tempo, não parece que os Estados Unidos possam estabilizar a situação ficando lá".Blix avaliou que a situação seria melhor se não houvesse ocorrido a guerra."Saddam ainda estaria no poder. Tudo bem, isto é negativo e não seria uma alegria para o povo iraquiano. Mas o que eles conseguiram é indubitavelmente pior", disse.Blix liderou a equipe de inspetores da ONU que procurava armas de destruição em massa no Iraque antes da invasão americana de 2003. Ele foi duramente criticado por Washington quando exortou o presidente George W. Bush a permitir que seus inspetores e a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) continuassem seu trabalho como forma de evitar a guerra.No fim, os EUA invadiram o Iraque e nenhuma arma de destruição em massa foi encontrada, o principal motivo declarado por Bush para lançar a guerra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.