Blix diz que Iraque iniciou "verdadeiro desarmamento"

O chefe dos inspetores de armas da ONU, Hans Blix, disse que o Iraque "começou a fazer um verdadeiro desarmamento" e que quer mais tempo para checar se o país está cumprindo as resoluções das Nações Unidas, informou hoje uma revista semanal sobre assuntos da União Européia.A European Voice escreveu que Blix disse a membros do Parlamento Europeu em Nova York, na terça-feira, que "o Iraque tem sido muito cooperativo em alguns aspectos. Não temos reclamação sobre a ajuda que eles têm dado para estabelecermos nossa infra-estrutura no país".A decisão do Iraque de destruir seus proibidos mísseis Al-Samoud-2 é, para Blix, um fato significativo."Os EUA têm dito que se trata de uma manobra diversionista, mas eu não diria isso", afirmou Blix na sede da ONU em Nova York, segundo a European Voice."Penso tratar-se do início de um verdadeiro desarmamento. É cedo demais para se fechar a porta e, se for dado mais tempo aos inspetores, eu saudaria", afirmou Blix.O inspetor deve apresentar outro relatório sobre progressos em seu trabalho no Iraque amanhã, perante o Conselho de Segurança.O semanário afirmou que um de seus repórteres estava entre os 21 membros do Parlamento Europeu que se reuniram com Blix em Nova York, na terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.