Blogueira dissidente é libertada em Havana

A blogueira dissidente cubana Yoani Sánchez foi libertada ontem, após ter sido detida na quinta- feira na capital cubana durante um protesto, juntamente a outros opositores, entre eles, Guillermo Fariñas. "Volto a caminhar pelas ruas de Havana após várias horas detida. Estou bem! Obrigada pela solidariedade!", tuitou. O governo alegou "alteração da ordem pública e indisciplina social" para justificar as detenções. Na tarde de ontem, permaneciam detidos os ativistas Antonio González Rodiles e Yaremis Flores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.