Bloomberg anuncia desmantelamento de complô terrorista em Nova York

Segundo 'Times', objetivo era atentar contra funcionários do governo, militares aposentados e políticos

Efe,

20 de novembro de 2011 | 23h06

Atualizado às 23h18

 

NOVA YORK - O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, anunciou neste domingo, 20, a detenção de um homem acusado pelas autoridades de planejar um atentado terrorista na cidade.

 

O detido, identificado como José Pimentel, tinha comprado material para fabricar uma bomba e tinha começado a construí-la, segundo o jornal The New York Times, que detalhou que Bloomberg daria uma entrevista coletiva  na cidade.

 

Aparentemente, o objetivo do homem detido, que estava no ponto de mira da Polícia há um ano, era atentar contra funcionários do Governo, pessoal militar aposentado e políticos eleitos.

 

Segundo Bloomberg, Pimentel, de 27 anos, é um "simpatizante da rede terrorista Al-Qaeda", alvo de investigações da polícia e dos serviços postais. Mas o homem preso disse ser um "lobo solitário", sem filiação com qualquer organização terrorista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.