Ozier Muhammad/NYT
Ozier Muhammad/NYT

Bloomberg diz avaliar candidatura à presidência dos EUA

Eu tenho achado o nível do discurso e da discussão banal e um insulto aos eleitores, disse Bloomberg ao 'Financial Times'

O Estado de S. Paulo

08 de fevereiro de 2016 | 19h28

WASHINGTON - O ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg disse nesta terça-feira,8, que considera disputar a presidência dos Estados Unidos. Em entrevista ao jornal Financial Times, o bilionário disse que o nível do debate político da campanha presidencial é "banal" e o público americano merece "algo melhor".

Bloomberg rompeu com o Partido Republicano em 2007 e desde então se considera um político independente. Ele governou Nova York por três mandatos consecutivos e deixou o cargo em 2013.

"Eu tenho achado o nível do discurso e da discussão lamentavelmente banal e um insulto aos eleitores", disse Bloomberg ao Financial Times."Eles merecem muito melhor."

Segundo o ex-prefeito nova-iorquino, ele pretende começar a apresentar seu nome durante as primárias estaduais a partir de março. 

No mês passado, o jornal The New York Times publicou que Bloomberg pediu a assessores um esboço para uma campanha independente à presidência, que custaria até US$ 1 bilhão de sua  fortuna estimada em US$ 39 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Michael Bloombergeleição nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.