Bloomberg diz que não disputará presidência dos EUA

O prefeito da cidade de Nova York, Michael Bloomberg, disse hoje que "de jeito nenhum" entrará na disputa para o cargo de presidente dos Estados Unidos. Ao falar no programa Meet the Press, da rede NBC, ele afirmou que seus conselheiros deveriam "parar completamente" de fazer sugestões para que concorra ao cargo.

AE, Agência Estado

12 de dezembro de 2010 | 14h40

O democrata que virou republicano e, então, virou independente disse que está focado em seu cargo de prefeito. Ele tem sido ocasionalmente mencionado como um candidato presidencial independente. Bloomberg diz que deseja deixar o cargo tendo uma reputação de "muito bom, talvez de o maior prefeito". Ele foi eleito para um terceiro mandato em 2009. Durante a entrevista, o prefeito respondeu questões sobre economia, cortes de impostos, imigração e política. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.