Boca-de-urna: aliados de Prodi vencem em principais cidades italianas

Os colégios eleitorais italianos fecharam suas urnas nesta segunda-feira após um dia e meio de votações para escolher os representantes de 1.263 municípios, oito Governos administrativos e o Executivo da Sicília, sem que, por enquanto, conheçam-se os dados definitivos de participação.No domingo, foram às urnas 52% dos eleitores aptos a votar, muito abaixo das últimas eleições municipais, em 2001, quando 79% do eleitorado votou no primeiro dia. Junto às municipais, também houve eleições provinciais nas quais a participação teve uma queda ainda maior ao passar de 75,8% na última votação para 59,60%.As primeiras pesquisas de boca-de-urna indicam que na disputa pelo Governo da Sicília, tradicional reduto da centro-direita, o presidente conservador em fim de mandato, Totò Cuffaro, ficará à frente de Rita Borsellino, irmã de um famoso juiz assassinado pela máfia em 1992.A surpresa poderia ocorrer em Milão, outro reduto da centro-direita, onde a candidata da aliança de Berlusconi, Letizia Moratti, ex-ministra de Instrução, está praticamente empatada com o representante da União, Bruno Ferrante.A representante da União em Nápoles, Rosa Russo Iervolino, venceria o candidato da centro-direita, Franco Malvano. Em Roma, o candidato da União, Walter Veltroni, revalidaria seu cargo como prefeito, segundo as primeiras projeções. O mesmo ocorreria em Turim, onde o prefeito em fim de mandato, o progressista Sergio Chiamparino, ganharia de Rocco Buttiglione, ex-ministro de Bens Culturais no Governo de Silvio Berlusconi.O fechamento dos colégios aconteceu pouco depois do anúncio da detenção de cinco supostos mafiosos em Nápoles, acusados de ameaças e intimidação de candidatos. Em caso de empate, o segundo turno será realizado nos dias 11 e 12 de junho. As projeções estão de acordo com as previsões das pesquisas anteriores às eleições. Estes dados, no entanto, são vistos com cautela, já que nas últimas eleições gerais, em abril, as pesquisas falharam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.