REUTERS/Eloy Alonso
REUTERS/Eloy Alonso

Voto antiausteridade dobra na Espanha, diz pesquisa boca de urna

Bancada do Podemos pode dobrar após eleição deste domingo, mas nenhum partido obtém maioria para formar governo

O Estado de S. Paulo

26 Junho 2016 | 15h14

MADRID - Pesquisas de boca de urna indicam que nenhum partido conquistou a maioria no Parlamento necessária para formar governo na Espanha neste domingo, 26.

O conservador Partido Popular obterá entre 117 e 121 cadeiras no Congresso de 350 deputados, seguido da esquerda antiausteridade do Podemos, que terá entre 91 e 95. Em terceiro ficou o social-democrata Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), que terá  entre 81 a 85 deputados, e o Ciudadanos, de centro, que deve ter entre 29 e 32 deputados. Os dados são da projeção do canal de tv TVE. 

Em dezembro, nenhum partido conseguiu maioria e, nas negociações posteriores à eleição, nenhuma força política conseguiu montar uma coalizão para governar. Na ocasião, o PP obteve 123 deputados, o PSOE, 90, o Podemos, 42, e o Ciudadanos, 40.

Caso confirmados os dados apresentados pela boca de urna, o Podemos terá praticamente dobrado sua votação em relação a dezembro e deve ter papel preponderante nas negociações para formar o novo governo em um dos principais país da União Europeia, em meio ao terremoto político provocado pela saída da Grã-Bretanha do bloco. / EFE

Mais conteúdo sobre:
EspanhaPodemosPSOEPPUEPodemos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.