EFE
EFE

Boeing da Air Canada faz pouso de emergência após sobrevoar Madri por 5 horas; veja vídeo

Aeronave apresentou complicações 30 minutos após a decolagem e retornou a Madri, onde pousou

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2020 | 15h10
Atualizado 03 de fevereiro de 2020 | 19h12

MADRI - Um avião da Air Canada com 128 passageiros a bordo fez um pouso de emergência na noite desta segunda-feira, 3, no aeroporto de Madri devido a um problema técnico, disseram autoridades espanholas. 

O Boeing 767-300, que decolou do aeroporto de Madri à tarde, pousou por volta das 19h10 (15h10 no horário de Brasília), "sem problemas", informou no Twitter a Enaire, a autoridade de controle de tráfego aéreo da Espanha.

Antes de poder pousar, a aeronave, que rumava para Toronto, foi forçada a sobrevoar a região de Madri para queimar parte de seu combustível.

"O voo AC837 da ACanada, que fazia a rota Madri-Toronto, teve um problema no motor logo após a decolagem. Um pneu também estourou na decolagem", disse um porta-voz da empresa canadense à AFP. "A aeronave escolheu dar meia-volta para voltar a Madri e teve que voar em círculos para queimar combustível e diminuir o peso para o pouso", acrescentou.

De acordo com o site do aeroporto, o voo AC 837 da Air Canada decolou às 14h33 (10h33 de Brasília).

Os serviços de emergência mobilizaram bombeiros e equipes médicas, enquanto o ministro dos Transportes, José Luis Abalos, foi ao aeroporto para acompanhar o pouso. A Força Aérea espanhola também enviou um avião de caça F-18 perto do Boeing para verificar as condições do trem de pouso, segundo o ministério da Defesa.

O pouso de emergência ocorreu poucas horas após o fechamento temporário do espaço aéreo ao redor do aeroporto de Madri, devido à presença presumida de drones.

A Air Canada afirmou em comunicado que o Boeing 767-300 foi projetado para operar com um motor e os pilotos estão “totalmente treinados para essa eventualidade”. 

A aterrissagem

Onze carros de Bombeiros e 9 ambulâncias aguardavam o avião nas imediações da pista de aterrissagem. Uma unidade da Cruz Vermelha também estava no local.

O avião tremeu bastante durante o pouso, afirmou um passageiro ao jornal espanhol El País. Um vídeo compartilhado por outro tripulante no Twitter confirma o tremor.

A aeronave pousou sem problemas. Quando tocou o chão, passageiros aplaudiram e assoviaram. O avião foi seguido pelos veículos dos bombeiros e da polícia local, que prestaram assistência aos tripulantes. /Com informações da AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.