Boeing da Varig nunca apareceu

Em 30 de janeiro de 1979, logo após decolar de Tóquio, no Japão, com destino ao Rio de Janeiro, um Boeing 707, cargueiro da Varig, desapareceu sobre o Oceano Pacífico as semanas seguintes, as operações de resgate não conseguiram encontrar qualquer destroço da aeronave. Seis pessoas viajavam no avião, que transportava uma carga de 20 toneladas. O comandante do voo era Gilberto Araújo da Silva, de 54 anos, com 23 mil horas de voo. Ele havia se tornado uma celebridade no meio da aviação em 1973, por ter comandado o voo RG-820, também da Varig, que se incendiou no ar em rota do Rio a Paris. O piloto conseguiu realizar uma aterrissagem de emergência. Das 134 pessoas a bordo, 11 sobreviveram.

O Estado de S.Paulo

16 de março de 2014 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.