Boeing desaparece com 92 a bordo no Equador

Um avião Boeing 727-100 da linha aérea equatoriana Tame, com 92 pessoas a bordo, foi declarado desaparecido, ao não chegar ao destino e ao não fazer contato pelo rádio. O avião fazia a rota entre Quito e Tulcán, na fronteira com a Colômbia, com 83 passageiros e 9 tripulantes. "A aeronave está caracterizada como desaparecida desde que a torre de controle perdeu contato com ela", disse Pablo Lopez, o chefe de operações do aeroporto internacional Mariscal Sucre, de Quito.

Agencia Estado,

28 Janeiro 2002 | 16h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.