Boeing em voo-teste faz pouso de emergência no Texas

Um Boeing 787 Dreamliner que executava um voo-teste sobre o Texas teve de fazer um pouso de emergência nesta terça-feira no aeroporto internacional de Laredo, no Texas, com fumaça na cabina principal, o que obrigou as pessoas a bordo a evacuarem a aeronave. O porta-voz da Administração Federação de Aviação dos EUA (FAA, na sigla em inglês), Lynn Lunsford, disse que o avião pousou em Laredo e que as pessoas a bordo saíram pelas portas de emergência. Não há informações se alguém ficou ferido.

Agência Estado

09 de novembro de 2010 | 23h06

A porta-voz da Boeing, Loretta Gunter, disse que a companhia ainda está coletando informações sobre o incidente e que as causas ainda são desconhecidas. "A fumaça que surgiu na cabina traseira do avião estava distante do cockpit, onde ficam os pilotos", explicou Lunsford. Segundo ele, diante do problema, o piloto aterrizou a aeronave e o corpo de bombeiros do aeroporto de Laredo foi acionado.

"O pouso deu-se com tranquilidade", frisou Lunsford. O Boeing 787 tem capacidade para 330 passageiros, e a empresa faz testes na aeronave que deverá entrar no mercado em 2011. A Boeing desenvolve esta aeronave há cerca de três anos, um projeto que já sofreu vários atrasos. A fuselagem do Boeing 787 é feita de material mais leve a fim de tornar o voo mais econômico e eficiente. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
BoeingpousoemergênciaTexas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.