Boinas-verdes já estão no Iraque, diz Washington Post

Soldados das forças especiais dos EUA, os chamados boinas-verdes, já estão "operando em diferentes partes do Iraque", disse nesta quinta-feira o jornal Washington Post. Segundo o diário, os boinas-verdes estão tentando localizar depósitos de armas, estabelecendo uma rede de comunicações e buscando potenciais desertores do Exército do Iraque, "no que representa a fase inicial da guerra". Dois oficiais do Exército disseram ao jornal que as tropas, dois contingentes de uma força-tarefa, "têm estado dentro e fora do Iraque há mais de um mês". O objetivo dos boinas-verdes é "assentar as bases para que as forças americanas convencionais possam ocupar rapidamente grandes porções do território iraquiano se o presidente (George W.) Bush der a ordem formal de iniciar a guerra", disseram os oficiais ao Post. Entre as tarefas que estão sendo realizadas pelos boinas-verdes, disse o jornal, há o estabelecimento de relações com grupos opositores e a construção de pistas de aterrissagem para o eventual transporte das forças americanas. Outras tarefas incluem "impedir que o Iraque lance mísseis ou aviões por controle remoto contra Israel". Por outro lado, o diário indicou que pessoas que estão a par dos planos de guerra do Pentágono disseram que as Forças Armadas planejam agir com rapidez, "para assegurar o controle dos principais campos de petróleo, seja antes do início formal da guerra ou quando esta começar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.