Madjiasra Nako / Reuters
Madjiasra Nako / Reuters

Boko Haram ataca acampamento militar em Camarões

Grupo terrorista feriu soldados, mas ataque foi interrompido pelas forças armadas; oficial do Exército diz que militantes foram mortos

O Estado de S. Paulo

16 de fevereiro de 2015 | 12h38


MAROUA - Insurgentes do grupo terrorista Boko Haram atacaram um acampamento militar de Camarões perto da cidade de Waza, no Norte do país, ferindo vários soldados, disse um porta-voz do Exército. O oficial acrescentou que os militantes foram detidos pelas forças do país.

"Os feridos estão sendo retirados do local. Os insurgentes foram parados. Um veículo blindado foi tirado deles e muitos deles foram mortos", disse um oficial militar camaronês a jornalistas em Maroua.

O grupo terrorista também fez nova ameaça ao Níger após o governo do país prometer enviar tropas para ajudar no combate aos extremistas islâmicos. Em tradução publicada pelo grupo de inteligência SITE, o Boko Haram afirmou que seus combatentes estão preparados para lançar ataques suicidas no Níger.

Nos últimos dez dias, militantes do Boko Haram lançaram atentados na cidade de Diffa, no sudeste do país, mas não houve registro de ataques na capital Niamey.

Chade, Níger e Camarões começaram uma ofensiva conjunta contra os militantes do Boko Haram. Em resposta à ação, no começo do mês o Boko Haram matou mais de 100 pessoas na cidade de Fotokol, norte de Camarões. /AP e EFE

Tudo o que sabemos sobre:
NigériaBoko HaramNígerCamarões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.