Bolinhos são 'ameaças à segurança' nos EUA

A TSA, responsável pela segurança nos aeroportos americanos, reiterou em comunicado que certos tipos de bolinhos são "ameaças". O documento foi publicado após um longo debate sobre o caso de uma mulher que foi proibida de embarcar em um voo por tentar levar a bordo um bolinho que tinha uma cobertura "suspeita", parecida com explosivos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.