Bolívia declara estado de emergência por chuvas

O governo da Bolívia declarou estado de emergência nacional para atender aos afetados pelas chuvas que, desde dezembro, já provocaram a morte de 30 pessoas e deixaram 21 mil famílias desabrigadas. As regiões bolivianas mais afetadas pelas chuvas são Cochabamba, La Paz, Santa Cruz e Beni.

AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2014 | 16h52

Hoje, o governador da região amazônica de Beni, Carmelo Lenz, disse à rádio Erbol que as chuvas do fim de semana deixaram nove mortos e um desaparecido no Estado. Os mortos são quatro soldados e cinco membros de uma mesma família.

O estado de emergência foi decretado pelo vice-presidente Álvaro García Linera. Com isso, o governo agiliza os mecanismos de socorro a pelo menos 21 famílias desabrigadas pelos desastres naturais das últimas semanas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Bolíviachuvasestadoemergência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.