Bolívia faz acordo para tentar salvar Constituinte

As principais forças políticas bolivianas chegaram ontem a um princípio de acordo para garantir que a Assembléia Constituinte consiga entregar o texto da nova Constituição até 14 de dezembro. Delegados de 14 dos 16 partidos representados na Assembléia concordaram em deixar de fora das discussões do novo texto - pelo menos, temporariamente - o polêmico tema da capital nacional do país. Sucre quer a mudança da sede do Legislativo e do Executivo bolivianos de La Paz para a cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.