Bolívia: Lei habilita Morales a buscar nova reeleição

O vice-presidente da Bolívia, Álvaro García Linera, promulgou nesta segunda-feira a uma lei que autoriza o presidente Evo Morales a tentar uma segunda reeleição.

AE, Agência Estado

20 de maio de 2013 | 23h25

García Linera promulgou a lei depois de esta ter sido aprovada pela Assembleia Nacional com base em uma decisão do Tribunal Constitucional da Bolívia.

"Foi uma boa decisão perguntar ao Tribunal. Agora terminou o debate. Chega de protestos", declarou García Linera na cerimônia. "O presidente está habilitado constitucionalmente a buscar a reeleição", prosseguiu.

Morales não esteve presente à cerimônia. Ele viajou ontem para os Estados Unidos, onde se reuniu com o ex-presidente norte-americano Jimmy Carter.

A lei aprovada na semana passada pela Assembleia Nacional é criticada pela oposição a Morales.

No fim de abril, o Tribunal Constitucional considerou que o primeiro mandato de Morales, de 2006 a 2009, transcorreu sob uma Constituição que não está mais em vigor. Como foi eleito novamente em 2010, já sob um novo marco constitucional, os juízes consideraram que Morales poderá buscar um novo mandato nas urnas.

As próximas eleições presidenciais bolivianas são esperadas para o ano que vem. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
BolíviaMoralesreeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.