Bolsa de NY fecha em queda; DJ acumula baixa no ano

As Bolsas dos EUA fecharam em queda, com os índices S&P-500 e Nasdaq registrando suas maiores queda semanais desde maio de 2012. O Dow Jones chegou ao fim do dia abaixo da média de fechamento das 200 sessões anteriores (de 16.591,44 pontos) e passou a acumular queda em 2014 (-0,20%). O volume de negócios foi o terceiro maior do ano.

Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2014 | 18h58

"Tivemos uma queda significativa ontem e esperávamos por alguma coisa que ajudasse a sustentar o mercado, mas não havia nada suficientemente forte que desse aos investidores motivos para entrar no mercado", disse Jonathan Corpina, da Meridian Equity Partners. A trader Doreen Mogavero, da O''Neil Securities, disse que "o clima é de cautela extrema".

Safa Muhtaseb, gestor de carteira da ClearBridge Investments, lembrou que indicadores fracos divulgados ao longo da semana na Europa, especialmente a produção industrial da Alemanha em agosto (-5,8%), serviram como um sinal de alerta para os investidores. "A Alemanha vinha sendo a locomotiva do crescimento da zona do euro, e, com a Alemanha desacelerando, isso eleva o risco de recessão. Meu instinto me diz que o mercado vai cair mais antes de voltar a subir", acrescentou.

Nesta sexta-feira, o mercado foi arrastado por uma queda forte das ações do setor de tecnologia. O Dow e o S&P operaram em leve baixa durante a maior parte da sessão, acelerando a queda no fim da tarde. O Nasdaq operou em queda desde a abertura, pressionado pelas ações do setor de semicondutores, depois de a Microchip Technology dizer que vai anunciar vendas decepcionantes no trimestre julho/setembro e que o resultado sugere "uma nova correção na indústria".

As ações da Microchip Technology caíram 12,26%; as da AMD caíram 7,80%, depois de a empresa anunciar uma mudança em seu comando; as da Juniper Networks, que fez um alerta de queda nos lucros, recuaram 9,07%. Outros destaques foram Tesla (-7,82%), Twitter (-8,84%) e Facebook (-3,95%). Entre as componentes do Dow, as ações de tecnologia também foram as que mais caíram (Cisco Systems -3,51%, Intel -5,09%, Microsoft -3,97%).

O índice Dow Jones fechou em queda de 115,15 pontos (0,69%), em 16.544,10 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 102,10 pontos (2,33%), em 4.276,24 pontos. O S&P-500 fechou em queda de 22,08 pontos (1,15%), em 1.906,13 pontos. O Russell-2000, de ações de pequena capitalização, caiu 1,37%. O índice de volatilidade VIX, da Chicago Board Options Exchange (CBOE), subiu 13,22%, para 21,24.

Na semana, o Dow acumulou uma queda de 2,74%, o Nasdaq perdeu 4,45% e o S&P-500 recuou 3,14%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAbolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.