Shizuo Kambayashi/AP
Shizuo Kambayashi/AP

Bolsa de Tóquio fecha em queda, afetada por pessimismo nos EUA

As ações na bolsa de Tóquio recuaram nesta quinta-feira, influenciadas pelo tom pessimista em Wall Street após a divulgação de indicadores fracos da economia norte-americana.

Estadão Conteúdo

07 de maio de 2015 | 05h13

O índice Nikkei recuou 239,64 pontos (-1,2%), para 19.291,99 pontos, após acumular queda de 2,4% na semana passada. Por causa de um feriado local, o mercado financeiro japonês estava fechado desde sexta-feira.

Segundo investidores, a instabilidade do mercado acionário norte-americano se refletiu no pregão de hoje na Ásia. Ontem, as bolsas fecharam em queda em Nova York após a divulgação do relatório da ADP, que informou uma geração de vagas no setor privado norte-americano menor do que o esperado. Declarações da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Janet Yellen, sobre o elevado preço das ações no país também contribuíram para o recuo dos índices acionários.

Para Hideyuki Ishiguro, da Okasan Securities, a queda do Nikkei de hoje deve ser revertida no curto prazo com a publicação de balanços positivos das empresas japonesas e uma perspectiva de recuperação do consumo doméstico.

Entre os destaques negativos, as ações do SoftBank recuaram 3,36%, enquanto as da Fanuc tiveram queda de 3,52%. Já as ações da Renesas Eletronics subiram 7,12% após o jornal Nikkei antecipar que a empresa irá anunciar um lucro líquido de mais de 80 bilhões de ienes no ano fiscal terminado em março. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.