Bomba atinge ônibus e mata 20 no Afeganistão

Segundo oficial de polícia, mortos eram civis; ataque seria obra do Taleban

AE, Agência Estado

30 de junho de 2011 | 17h04

CABUL - Pelo menos 20 pessoas morreram nesta quinta-feira, 30, após um ônibus, com dezenas de passageiros a bordo, ser atingido pela explosão de uma bomba quando passava por uma estrada no sul do Afeganistão, disse Haji Mussa Rasoli, subcomandante da polícia da província de Nimroz.

 

De acordo com Rasoli, o ônibus seguia de Kandahar, maior cidade do sul do afegão, para Nimroz. Segundo a AFP, o oficial de polícia teria dito que os mortos seriam civis afegãos e haveria, entre eles, mulheres e crianças.

 

Ainda não se sabe ao certo quantas pessoas estavam a bordo do veículo atingido pela explosão. Pelo menos uma pessoa ficou ferida.

 

Rasoli acusou o Taleban pelo ataque, segundo a AFP, mas o grupo não reivindicou a autoria.

 

O incidente ocorreu na mesma área onde dois diferentes ônibus foram atingidos por bombas escondidas no acostamento da estrada no ano passado. As duas explosões de 2010 deixaram um total de 30 mortos.

 

Segundo Rasoli, a estrada costuma ser usada pela polícia local, pelo exército afegão e pelas forças estrangeiras lideradas pelos Estados Unidos.

 

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãobombaônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.