Bomba colocada por maoístas mata cinco pessoas na Índia

Um civil e quatro policiais morreram nesta quinta-feira e outras 12 pessoas ficaram gravemente feridas por conta da explosão de uma bomba caseira colocada por guerrilheiros maoístas no estado de Chattisgarh, no centro da Índia, segundo informações da agência indiana PTI.Segundo a polícia do distrito de Bijapur, além do civil, morreram "um oficial e um soldado do corpo especial de polícia de Nagaland, um subinspetor de Chattisgarh e um oficial do corpo especial de polícia".Os 12 feridos foram levados de avião a um hospital da capital do estado, Raipur.A explosão atingiu uma patrulha de forças de segurança que inspecionava a área, alvo de outros ataques do grupo maoísta conhecido na Índia como Naxalita.Chattisgarh é uma das regiões do país mais afetadas pela violência dos maoístas, que lutam há mais de duas décadas para criar um Estado comunista independente no leste e sul da Índia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.