Bomba danifica escritório do partido socialista espanhol

Uma bomba que acredita-se ter sido plantada pelo grupo separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade) explodiu nesta segunda-feira do lado de fora do escritório do partido Socialista espanhol em uma pequena cidade basca ao norte da Espanha, informou a polícia. A explosão, que causou danos no local, mas sem deixar feridos, veio uma semana antes das eleições parlamentares no país basco. As cortes espanholas barraram dois partidos nacionalistas bascos de participarem das eleições por causa de ligações que teriam com o ETA. O ministro das relações interiores, Alfredo Perez Rubalcaba, disse que a polícia está alerta para possíveis ataques no dia da votação. O ETA matou mais de 825 pessoas desde 1968 em sua campanha pela independência do estado Basco. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.