Bomba descarrilha trem e deixa oito mortos no Paquistão

Uma bomba provocou o descarrilamento de um trem neste domingo no distrito de Kashmor, no Paquistão, matando pelo menos oito pessoas e deixando outras 20 feridas, afirmou a polícia paquistanesa.

Agência Estado

16 de fevereiro de 2014 | 09h33

Três mortos eram crianças, segundo o oficial de polícia Mohammad Azeem. Kashmor fica na província de Sindh. Ninguém assumiu a responsabilidade pelo ato, mas por enquanto as suspeitas recaem sobre a minoria étnica separatista Baluch, que opera na província. Militantes ligados à Al-Qaeda também estão presentes na região.

Semana passada, um grupo separatista já havia explodido três gasodutos, suspendendo suprimentos para milhões de casas por dois dias. Os autores disseram que cometeram o ataque para vingar vários Baluch cujos corpos tinham sido encontrados nas proximidades da província.

Morte em Peshawar

Também neste domingo (16) uma bomba matou um policial e deixou outro ferido na periferia da cidade paquistanesa de Peshawar. Ambos acompanhavam uma equipe de vacinação contra a poliomielite.

De acordo com as autoridades, os dois policiais estavam patrulhando a estrada que leva ao subúrbio onde os agentes de saúde foram vacinar as crianças. Equipes de vacinação no Paquistão têm sido frequentemente alvo de militantes islâmicos, que dizem que as campanhas são uma ferramenta para espionagem. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTÃOBOMBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.