Bomba é achada perto de acusado de estupro

Um homem foi detido ontem em Nova Délhi enquanto supostamente tentava colocar uma bomba diante da casa de um dos acusados de terem cometido um estupro coletivo contra uma jovem em um ônibus. A estudante morreu após ter sido atacada por pelo menos seis homens e seu corpo foi cremado no fim de semana. A polícia não revelou a identidade do homem que teria tentado colocar a bomba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.