Bomba é desarmada na véspera de eleição na Colômbia

A polícia desativou ontem um carro-bomba no centro de Cali, a terceira maior cidade da Colômbia, na véspera das eleições legislativas no país. A polícia atribuiu a ação à guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

AE, Agencia Estado

14 de março de 2010 | 08h52

Segundo o diretor da Polícia, general Oscar Naranjo, um automóvel repleto de explosivos foi abandonado perto da sede do governo por dois homens que acabaram sendo presos.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiaeleiçõesbombapolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.