Bomba e explosões causam mortes no Líbano e Turquia

Três explosões destruíram uma casa em um bastião do Hezbollah no leste do Líbano e mataram pelo menos sete pessoas e feriram quatro. Enquanto isso, na Turquia, uma bomba disparada na Síria atingiu uma casa turca e matou três pessoas, incluindo um menino de seis anos.

AE, Agência Estado

03 de outubro de 2012 | 11h48

Testemunhas afirmaram que as explosões aconteceram em um armazém de armas dentro de um prédio em construção no Vale de Bekaa. A área é base do Hezbollah, mas também existem vários grupos criminosos atuando na região, que é um centro de contrabando de armas e drogas. O grupo militante xiita, que entrou em guerra com Israel em 2006, possui um arsenal que rivaliza o do próprio Exército libanês.

Os moradores da cidade turca de Akcakale, próxima da fronteira com a Síria, marcharam em direção à prefeitura para protestar contra as mortes. O prefeito afirmou que uma mulher e o garoto estão entre os mortos. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbanoTurquiamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.